Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

droga-capaNa tarde deste sábado, 8, por volta das 14h30,  a Rádio Patrulha comandada pelo Cabo Edvaldo, Cabo J.Carlos e SD PM Gilliam com apoio do Cabo Wagner, SD PM Thaines e SD PM Kester, faziam ronda de rotina pela Avenida Paraná, em Vilhena, quando próximo a um posto de combustível avistaram dois homens numa motocicleta em atitude suspeita.

Ao perceberem que estavam sendo observados pelos militares, tentou despistar, parando em frente uma casa e adentrado. Com isso, foi feito a abordagem nos suspeitos e com um deles foi encontrado certa quantia de substancia aparentando ser maconha. Porém, nesta casa reside uma mulher por nome de Jasmim Karini Fernandes dos Santos, 19 anos, que segundo ela, faz intermediação entre a classe média da cidade que faz uso de entorpecente, usando a rede social como disk entrega.

Indagados onde teriam adquirido a droga os elementos identificados como Marcos Antônio Kirizawa da Silva, 20 anos, e Silvestre Silva Magalhães, 23 anos, disseram que compraram de um casal que mora no bairro Jardim Primavera, identificado como Dione da Silva Santos, 18 anos, e Tatiana Erica Martins, 18 anos.

Em revista no endereço citado pelos agentes, foi localizado um menor de 17 anos, que disse estar no local para comprar droga, ainda na casa foi localizada certa quantia de substancia entorpecente.

Já na residência de Silvestre foi encontrada substancia aparentado ser maconha,  pasta base de cocaína e uma sacola com 537 gramas de pó branco  ainda não periciado, uma TV de 42 polegadas e uma botija de gás, onde os acusados não souberam dizer a procedência.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil e apresentados às autoridades de plantão para providências cabíveis.

droga-1

droga-2

droga-4

droga-3

droga-5

mulher-2

mulher-1

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO