Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Professora Francisca Diniz, representante regional do Sintero no Cone Sul
Professora Francisca Diniz, representante regional do Sintero no Cone Sul
Estamos em guerra 468×60

Na próxima segunda-feira, um ônibus fretado pelo Sintero de Vilhena se junta a comitiva que contará com participação de servidores públicos de todo o Estado partindo em direção a Porto Velho, onde acontecerá no dia seguinte ato público em protesto pela demora da conclusão do processo de transposição de funcionários do antigo Território de Rondônia para os quadros do governo federal.

O caso se arrasta há pelo menos uma década. Em passagem por Rondônia tempos atrás, a presidente Dilma Rousseff assegurou que a União aceitaria os termos propostos no projeto acerca do tema, e já houve inclusive cadastramento e recadastramento de funcionários cujo perfil preenche as exigências para adquirir o direito, no entanto pouca coisa concreta aconteceu desde então.

De acordo com a Professora Francisca Diniz, representante regional do sindicato no Cone Sul, além da questão da transposição, os servidores querem debater para recentes perdas salariais que ela afirma terem acontecido no governo Confúcio Moura, ação que ainda pode acontecer mais uma vez este ano. Ela declarou que os deputados estaduais foram convidados para participar do debate, e que a presença dos integrantes do legislativo será muito importante para dar encaminhamento ao assunto.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO