Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

homem-capaNa tarde deste domingo, 17, por volta das 14h00, um homem procurou a Delegacia de Polícia Civil em Vilhena, onde registrou boletim de ocorrência, relatando que foi vítima de sequestro relâmpago.

Segundo a vítima que tem 37 anos, no último sábado, ele estava transitando pela Avenida Melvin Jones, quando passava próximo ao Lions Clube, foi abordado por dois elementos que estavam num carro Chevrolet Vectra de cor verde fosco, assim que os suspeitos saíram do veículo ele percebeu que se tratava de travestis.

Os supostos sequestradores o seguraram e vendaram seus olhos e com chutes e pontapés o obrigaram a entrar no carro e entregar o cartão bancário e senha.

Entretanto, os bandidos o deixaram amarrado num terreno murado, e somente no domingo pela manhã o pegaram e foram até uma agência bancária e obrigaram o homem a sacar R$ 800,00, dinheiro que a vítima não tinha na conta, então foi sacado apenas R$ 20,00. Os travestis tentaram fazer um empréstimo na conta, mas não conseguiram e desistiram, levaram o homem novamente até ao terreno baldio e o deixaram amarrado e amordaçado.

Com muito esforço a vítima conseguiu se desvencilhar das amarras e saiu para a rua gritando por socorro. Na DPC ele contou que um travesti possui a aparência feminina inclusive com seios, o outro é loiro e trajava roupas de mulher. O caso passa a ser investigado pela SEVIC (Serviço de Investigação e Captura) da Polícia Civil.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Carlos Franco

Foto: Ilustrativa

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO