dengue 728×90 – 2

escola deterioradaO Ministério Público (MP) do município de Cerejeiras instaurou um procedimento de investigação contra a escola estadual Colina Verde, que pertence ao município vizinho de Corumbiara, baseado em informações que chegaram ao conhecimento do órgão sobre condições precárias da parte física, higiene, bem como do transporte escolar, e falta de professores.

O procedimento foi aplicado pelo promotor de justiça, Marcos Paulo Sampaio Ribeiro da Silva, no último dia 7 de março. Em ofício enviado à coordenadora regional de educação, Gislene Soares da Cruz, o promotor fixou prazo de dez dias úteis para que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) resolvesse os problemas.

O prazo já expirou e o Extra de Rondônia tentou contato com a assessoria de comunicação do MP, que informou apenas o fato de a investigação ser de caráter preliminar. A página eletrônica tentou contato, também, com o representante da SEDUC em Vilhena, Edson Nogueira, para falar sobre o assunto, porém não foi encontrado.

Até o fechamento desta matéria a coordenadora da Seduc responsável pelo caso, Gislene Soares da Cruz, não havia sido encontrada para comentar o caso. Ela não atendeu às ligações, e na sede da coordenadoria da Seduc em Cerejeiras, a secretária informou que Gislene estava em uma reunião no município de Corumbiara, onde não há cobertura de sinal telefônico da operadora que a representante de educação usa.

O telefone da escola investigada é um orelhão público o qual, segundo o morador que atendeu a ligação, fica próximo à instituição de ensino Colina Verde. A diretora da instituição, Neide Regina, também não foi encontrada para falar sobre o caso.

Esta página eletrônica deixa espaço aberto para que os representantes da Seduc se manifestem.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Rômulo Azevedo

Foto: Ilustrativa

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO