Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

amir-lando1O deputado federal Amir Lando (PMDB-RO) esteve na última sexta-feira, 21, no Conselho Nacional de Justiça-CNJ, conversando informalmente com o juiz Gabriel da Silveira Matos sobre a liberação do restante da multa dos servidores federais beneficiados com o processo 2039/89, a chamada Isonomia do Sintero.

Amir Lando aguarda a confirmação de audiência com o juiz José Luiz Leite Lindote, que trata especificamente desse assunto, para relatar a real situação dos servidores que não deram causa a crime algum e precisam receber os seus direitos relativos à multa, onde cerca de 300 servidores faz jus, mas, os recursos estão bloqueados no Banco do Brasil pode determinação judicial.

Esse processo sofreu ação da Polícia Federal por conta de uma advogada que falsificou procurações e conseguiu ilegalmente a quantia de R$ 5,8 milhões. Mas, todas as pessoas envolvidas estão identificadas e presas. “Não podemos permitir que todo o processo seja contaminado por conta de um ato criminoso isolado de uma quadrilha que atacou diversos órgãos, inclusive o TRT de Rondônia”, frisou.

No CNJ, todas às vezes que procurou informações o parlamentar esclarece que foi muito bem recebido e os juízes sempre foram esclarecedores com suas indagações. “Agora, estamos aguardando audiência com o doutor Lindote para sabermos o que dizer aos nossos servidores que nos procuram diariamente”, finalizou.

Autor: Carlos Terceiro

Foto: Arquivo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO