Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Dos 29 assassinatos ocorridos em 2.013, o Fábio Campos garante que 25 foram solucionados
Dos 29 assassinatos ocorridos em 2.013, o Fábio Campos garante que 25 foram solucionados
Estamos em guerra 468×60

A Polícia Civil fechou esta semana relatório acerca do assunto, e o Extra de Rondônia foi o primeiro órgão de comunicação da cidade a ter acesso aos dados.

Como era de se esperar, a maioria dos homicídios ocorridos na cidade teve nas drogas ou álcool sua principal motivação. Também chama a atenção o número de ocorrências do gênero tendo como estopim situações passionais. Litígios em função de posse de propriedades e outros motivos fecham a listagem.

Segundo o levantamento, entre os crimes de morte esclarecidos 12 foram motivados por acerto de contas relacionados a drogas. Quanto aos assassinatos passionais, onde geralmente os envolvidos mantinham algum tipo de relacionamento afetivo, o total chega a seis. Os outros nove homicídios estão classificados com outros tipos de motivação.

Dos quatro assassinatos que ainda estão sob investigação, a polícia já apurou que três estão relacionados também com acerto de contas por causa de drogas. Já o quarto da lista foi gerado por vingança.

O que chama a atenção é o elevado índice de solução dos crimes, que alcança a margem de 86,2%, muito acima da média nacional. “Trata-se do resultado da abnegação e seriedade de nossos policiais e delegados, que não medem esforços para realizar a contento suas tarefas, mesmo não contando com as condições ideais para cumprir a missão que lhes cabe. Todos estão de parabéns, e merecem também o aplauso da sociedade”, afirmou o delegado regional Fábio Campos.

Fonte – Extra de Rondônia

Texto – Da Redação

Foto – Mario Quevedo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO