Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Mais uma ação contra prefeito é julgada improcedente
Mais uma ação contra prefeito é julgada improcedente
Estamos em guerra 468×60

A justiça julgou improcedente a ação movida pela coligação “Acelera Vilhena”, que era liderada pelo deputado estadual Luizinho Goebel, então candidato a prefeito em 2012, contra Zé Rover, que disputava à reeleição.

A ação, impetrada pelo então candidato a vereador Pedro Mattos, requeria a condenação e não expedição do diploma de Rover e Jacier, eleitos no pleito eleitoral de 2012.

De acordo com o juiz eleitoral Adolfo Theodoro Naujorks Neto, relator do processo n. 650-97.2012.6.22.0004, “não houve provas de que efetivamente a conduta dos recorridos tenha incidido em captação ilícita de sufrágio ou abuso de poder econômico e político”. Por isso, o magistrado pediu a improcedência do recurso contra expedição do diploma. A decisão foi proferida no dia 16 de janeiro.

A DENÚNCIA

Conforme a denúncia, em programa eleitoral de TV, a coligação “Com a Força do Povo”, liderada por Zé Rover e Jacier Dias, exibiu, por 16 minutos, imagens do interior de órgãos públicos e de servidores em local e horário de trabalho no dia 3 de setembro de 2012. Eles foram acionados por suposta prática de crime eleitoral. Quando a ação foi formalizada, a justiça, em primeira instância, determinou a retirada imediata das imagens.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO