dengue 728×90 – 2
Em visita ao site, prefeito fez balanço de sua gestão
Em visita ao site, prefeito fez balanço de sua gestão

O prefeito concedeu entrevista exclusiva ao Extra de Rondônia na manhã desta segunda-feira 31, ocasião em que falou sobre política e fez um balanço de seu primeiro ano do segundo mandato.

Ele também anunciou investimentos para 2.014. Na próxima semana, em entrevista coletiva, o prefeito vai detalhar seu novo pacote de obras para o Município.

Confira, abaixo, a entrevista feita na redação site:

 

Extra de Rondônia – Prefeito vamos abrir este nosso bate-papo falando de política. Sua esposa Lizangela será ou não candidata?

Zé Rover – Isso é uma decisão que cabe apenas a ela tomar. A primeira-dama deixará a SEMAS na próxima semana, assim como outros integrantes do primeiro escalão.

Extra – Quem mais vai deixar de ocupar cargos em seu governo a fim de cumprir o que rege a legislação eleitoral?

Rover – O secretário de Educação, José Carlos Arrigo; o secretário de Administração, Miguel Câmara; o secretário de Integração Governamental, Gustavo Valmórbida; e o assessor do vice-prefeito Jacier Dias, Pastor Antônio.

Extra – O senhor já tem os nomes dos substitutos?

Rover – Para a maioria sim. O adjunto Edmar assume a Educação, com Erondina Zochhi ficando no cargo de adjunto. Pastor Antonio vai para a Administração, e Gilberto Ortega ficará na secretária governamental. Ainda não sei quem assumirá a SEMAS.

Extra – Qual é o propósito deste grupo que está saindo?

Rover – Queremos ter nomes para lançar a deputado federal. Deste grupo, que também inclui o vice-prefeito Jacier Dias, queremos tirar um nome para disputar uma vaga na Câmara Federal. É muito ruim para Vilhena não ter representante genuíno da cidade no Congresso, o e PP junto com o PSDC acreditam que pode cobrir esta lacuna.

Extra – O senhor já se decidiu sobre seus candidatos ao Senado e a Presidência?

Rover – Sim. Vou apoiar a tentativa de reeleição do senador Acir Gurgacz e apoio à presidente Dilma Rousseff. Vilhena recebeu muito apoio da União ao longo dos últimos anos, e seria injustiça não apoiar a reeleição da presidente. Quanto ao senador, Acir é responsável por grandes investimentos para o desenvolvimento de Vilhena, por isso estou optando pela sua permanência no cargo.

Extra – E sobre a disputa pelas vagas da Assembléia Legislativa?

Rover – Já declarei publicamente que ajudarei Vanderlei Graebin e Ezequiel Neiva, mas na medida do possível e sem ferir a questão da fidelidade partidária, procurarei ajudar Wilson Moreira e Hevert Bueno.

Extra – E o deputado Luizinho Goebel?

Rover – Não vou atrapalhar o projeto político do deputado, e se houver oportunidade em que for requisitado por ele para contribuir, na medida do possível estarei à disposição.

Extra – Faltou a sucessão estadual. O senhor já descartou a possibilidade de ser candidato ao governo? Ainda sobre o assunto, o senhor apóia quem Ivo Cassol indicar?

Rover – Não sou candidato a governador, mas agradeço a confiança daqueles que manifestaram apoio em pesquisa feita semanas atrás. Quanto a quem irei apoiar, é evidente que até mesmo por questão partidária Ivo ou Ivone Cassol são meus candidatos, caso qualquer um deles se candidatar. Se não for assim, ainda preciso analisar as demais opções que o grupo dispõe.

Extra – O que o senhor espera da nova bancada federal, que assume o ano que vem?

Rover – Como já disse, espero que ela conte com um representante nosso em sua composição. Além disso, minha expectativa é a manutenção do apoio a Vilhena pelos novos deputados federais, a exemplo do que acontece atualmente, quando todos contribuem.

Extra – Falando de sua administração, como foi o primeiro ano deste seu segundo mandato?

Rover – Bastante produtivo, com obras de asfalto e entrega de casas populares, além de investimentos na melhoria das unidades de saúde, entre outras realizações. Estamos com trabalhos em andamento, e dentro de vinte dias vamos entregar aos vilhenenses a maternidade e a escola de tempo integral. Estamos também licitando agora a confecção de meio-fio nas ruas pavimentadas recentemente.

Extra – E quais as perspectivas para este ano?

Rover – Na próxima semana anuncio um pacote de obras com investimentos na ordem de R$ 13 milhões. Os recursos serão aplicados em pavimentação, saúde, educação, lazer, feiras e ginásios de esportes. Creio que em cerca de vinte dias poderemos dar início ao projeto das multivias, para o qual o senador Acir Gurgacz angariou os recursos. Estamos trabalhando também na agilização da liberação de mais R$ 35 milhões, onde está incluído o projeto de urbanização da Avenida Rondônia. É uma obra gigantesca, para a qual não dispomos de recursos próprios a fim de executá-la. Sobre o projeto de macrodrenagem, estive em audiência com dirigentes da Caixa Econômica para liberação de 6 dos oito milhões necessários para a conclusão do empreendimento. Estamos pressionando para que todos os recursos já orçados sejam liberados dentro do prazo determinado pela Lei Eleitoral.

Extra – Prefeito, quando o senhor vai convocar os aprovados no concurso?

Rover – Primeiro quero dizer de minha satisfação por tudo ter dado certo, graças às estratégias que elaboramos para evitar contratempo. Agora em abril deveremos chamar cerca de 20 pessoas, para cargos de motorista, merendeira, auxiliar de serviços gerais, Procuradoria e Vigilância Sanitária. Em junho, quando vencem os contratos emergenciais da Educação e Saúde, convocaremos entre 80 e cem novos servidores.

Extra – Há previsão de construção de mais casas populares este ano?

Rover – Sim. Além 415 residências que vamos entregar ali nas proximidades do IESA, há outro projeto em tramitação para mais 70 unidades habitacionais, que lançaremos em breve.

Extra – Havia um projeto de saneamento básico sendo negociado com o governo federal. Como está a tramitação da proposta?

Rover – É tanta coisa que acabei esquecendo isso. Creio que em 30 dias a aprovação do projeto será concretizada, e em meados de abril lançamos o edital de licitação. Será uma empreendimento inédito em Rondônia, com recursos de R$ 85 milhões nesta fase inicial.

Extra – Sobre o curso de Medicina, quais são as perspectivas?

Rover – Na semana passada estive em Brasília, ocasião em que mantive contato com o primeiro escalão do Ministério da Educação. Técnicos devem vir dentro de alguns dias para cá a fim de avaliar a estrutura que dispomos, e apontar eventuais demandas para serem resolvidas. Podem acreditar que dentro de alguns anos Vilhena será um celeiro de novos profissionais de medicina para a cidade e para o país.

Extra – O Estado está cumprindo suas obrigações com os acordos firmados com o Município?

Rover – Sim. Confúcio Moura é um bom governador e um homem de palavra. Se tivesse ao seu redor pessoas melhores capacitadas, faria um trabalho bem melhor.

Extra – Como está seu relacionamento com a Câmara de Vereadores? O senhor se incomoda muito com as críticas de Maria José da Farmácia?

Rover – O relacionamento é muito bom com o Legislativo. Quando a vereadora, respeito e apoio seu direito de fiscalizar as ações do Executivo, mas creio que ela desenvolveria um trabalho mais produtivo se ficasse mais próxima aos gestores da administração, buscando esclarecimentos às situações que não concorda antes de levá-las ao conhecimento da sociedade. O diálogo poderia evitar desgastes desnecessários para ambos os lados.

Extra – O senhor pretende preencher cargos do primeiro escalão que estão em aberto, caso da nova secretaria criada recentemente?

Rover – Não. Aquela proposta visa o futuro de Vilhena a médio prazo, quando não estarei no mandato. Tomei a iniciativa pensando nos próximos prefeitos.

Extra – Para encerrar: quais são os planos de Zé Rover depois que concluir seu segundo mandato à frente do Município de Vilhena?

Rover – Pretendo continuar na política, mas como terei dois anos até as eleições posteriores a minha gestão, quero dedicar um deles a reorganizar meus negócios, sem perder o foco de minha meta principal. Em 2.018 eu decido meu destino, mas tenho pretensão de disputar as eleições que acontecerão naquele ano.

Prefeito foi recepcionado por Orlando Caro, um dos diretores do site
Prefeito foi recepcionado por Orlando Caro, um dos diretores do site
Rover esteve acompanhado pelo secretário de comunicação, Luis Serafim, e pelo adjunto, Vicente Moreira
Rover esteve acompanhado pelo secretário de comunicação, Luis Serafim, e pelo adjunto, Vicente Moreira

Fonte – Extra de Rondônia

Texto – Da Redação

Fotos – Carlos Franco

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO