dengue 728×90 – 2
Deocleciano Filho diz que magistrado não revelou as razões de seu convencimento
Deocleciano Filho diz que magistrado não revelou as razões de seu convencimento

O prefeito de Corumbiara, Deocleciano Ferreira Filho (PTB) conseguiu, no Tribunal de Justiça (TJ) de Rondônia,  reverter decisão judicial de primeira instância que determinava a regularização do edital para concluir a reforma do hospital municipal no prazo de 75 dias e a contratação de um bioquímico, sob pena de multa.

A decisão foi proferida no dia 25 de março, pelo desembargador do TJ, relator do caso, Oudivanil de Marins.

Para reverter a decisão, o mandatário municipal, através do seu advogado, alegou “inexistir fundamentação porque o magistrado não revelou as razões de seus convencimento”. O prefeito disse ainda que foi empossado em janeiro de 2013 e o município já encontrava-se em situação caótica. “Não há requisitos para a concessão da liminar, inclusive porque o Ministério Público brinca de denunciar sem provas, baseando-se somente em matérias jornalísticas”, diz um trecho da defesa de Deocleciano.

Ainda, o chefe do executivo corumbiarense afirmou que  a situação de Corumbiara é delicada e encontra-se com diversos problemas na área de saúde, e que a construção de um novo hospital não pode ser efetuada de imediato ante a falta de orçamento.

>>> CONFIRA, ABAIXO, A DECISÃO NA ÍNTEGRA:

DSC_0001

DSC_0002

DSC_0003

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO