Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

DSC_0008Marcos Costa Barbosa, acusado de assassinar em Agosto de 2003 com dois tiros, Noel da Silva, foi julgado e condenado pelo crime na manhã desta segunda-feira, 07, no plenário do Fórum municipal, em Vilhena.

Uma desavença entre a vítima e o acusado na compra de um imóvel teria ocasionado o crime. Na ocasião, Noel teria vendido uma casa para Marcos, que resultou em sua morte.

Segundo consta no inquérito, a vítima teria ameaçado Marcos de morte. A defensora, Vera Paixão, em sua tese defendeu que a vítima agiu em legítima defesa, temendo por sua vida se armou de um revólver e por acaso encontrou a vítima na Rua 1705, no Cristo Rei, local da cena do crime.

“Ele saiu de casa porque a vítima falou que ia matá-lo”, disse a defensora concluindo que o réu agiu em legítima defesa. Porém a tese da defensora não foi acatada pelo júri que considerou Marcos culpado.

O réu foi condenado a oito anos de reclusão em regime fechado, podendo recorrer a sentença.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Foto: Matias Siqueira

 

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO