dengue 728×90 – 2

carro 4A criança N.V.X.R, de três anos, é a vítima fatal do acidente ocorrido na noite desta sexta-feira, 11, no quilometro 662 da BR-163, em Rio Verde de Mato Grosso (MS).

A criança ficou presa nas ferragens de uma Scania, com placas de Vilhena (RO), que era conduzida pelo seu pai, Adair Gonçalves da Rocha, de 55 anos, e tinha como passageiro C.A.X.R, de 1 ano e 6 meses. Os três moravam em Vilhena.

O motorista e a outra criança foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros de Coxim e encaminhados para o Hospital Municipal de Rio Verde. Segundo a assessoria de comunicação do hospital municipal, o pai das crianças se encontra medicado, pois ficou muito abalado com a morte de um de seus filhos, ele sofreu apenas escoriações. Já a criança sofreu uma fratura no braço esquerdo e seu estado é considerado estável.

 

O ACIDENTE

Conforme informações, a Scania onde estavam as vítimas bateu na traseira de um Volvo, com placas de Várzea Grande (MT), que estava parado na pista de rolamento por conta de um defeito.

O impacto foi tão grande que, mesmo sem movimento, o Volvo atingiu outro Volvo, com placas de Cuiabá (MT), que estava parado na frente, pois o motorista Flavio Querobino Rodrigues, de 30 anos, auxiliava o colega Edson Carlos Pertusatti, de 37 anos.

O local estava sinalizado com moitas de mato que foram arrancadas das margens da rodovia, o que pode ter dificultado a visão do motorista da Scania. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) esteve no local controlando o tráfego. Peritos do Núcleo de Perícias de Coxim, também foram ao local para apurar as causas do acidente.

 

VELÓRIO

O corpo da criança será velado em Vilhena. Conforme informações de familiares ao Extra de Rondônia, o corpo da menina está sendo transladado à Vilhena, onde ocorrerá o enterro.

carro 5

carro 2

carro 6

Texto: Extra de Rondônia

Informações e Fotos: Edição de Notícias

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO