Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

runiao MDA IFROO Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) iniciou um projeto de integralização de territórios com o intuito de fomentar o desenvolvimento das regiões brasileiras de modo diferenciado, valorizando suas próprias culturas, priorizando o desenvolvimento sustentável e solidário. No Cone Sul, representantes do ministério se reuniram com os municípios, representantes de órgãos como a Emater, Idaron, e membros da sociedade civil, na última sexta-feira, 11, para iniciarem os trabalhos na região. O encontro aconteceu no auditório do IFRO campus de Colorado do Oeste.

 

De acordo com a palestra da conferencista do MDA, Valdirene de Oliveira, temas como “gestão social”, “rede de territórios”, “institucionalização de políticas públicas de desenvolvimento territorial”, “criação do sistema nacional de desenvolvimento sustentável e solidário”, formam o conjunto de objetivos que serão alcançados pelo projeto.

 

O encontro, no entanto, foi o primeiro contato com o grupo engajado no processo, que criou o Colegiado Territorial do Cone Sul, responsável pelas ações do MDA para este trabalho. O grupo deverá ser formado por membros da sociedade civil, e dos poderes executivo e legislativo de todos do municípios do sul do estado, e de acordo com o professor José Ribamar de Oliveira, membro da coordenação executiva do colegiado, este é o próximo passo da equipe: contato com os envolvidos na proposta para escolha dos membros, aprovação do regimento interno, e o levantamento de demandas para a definição de ações que se consolidarão em políticas públicas que futuramente serão implementadas na região.

 

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: Divulgação

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO