Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

carro-2Na tarde desta quinta-feira, 17, a Polícia Militar foi acionada a comparecer na linha 135, área rural de Vilhena, próximo à empresa Moura e Paz, para averiguar um suposto capotamento de veículo, seguido de violência domestica.

Ao chegar ao local indicado por testemunhas, encontraram apenas destroços do automóvel espalhadas pelo chão. O carro era conduzido pelo funcionário público municipal Josimar Coelho da Conceição, 34 anos. Pessoas relataram que após tombar o veículo o motorista pediu ajuda para desvirar o carro, mesmo com o veículo danificado o condutor foi até sua residência que fica numa chácara próxima ao local.  Populares indicaram aos PMs onde morava o acusado.

No veículo além do motorista, estava à esposa e duas filhas do casal uma de quatro anos e outra de seis anos. Após o acidente, segundo a mulher, seu marido a agrediu fisicamente e falava que tudo era por culpa dela.

De acordo com a vítima seu esposo é uma ótima pessoa quando está sóbrio, mas é só beber que perde o controle de tudo. O homem que estava muito exaltado, ao ser detido pelos militares tentou agredir a guarnição, com isso, foi preciso o uso da força tática para contê-lo.

Na delegacia o rapaz não respeitou os policiais civis muito menos o delegado, e proferiu palavras de baixo calão contra todos que estavam na sala. Convidado a fazer o teste do bafômetro, em primeiro momento se recusou, mas depois aceitou, o teste apontou 0.43 de alcoolemia.

Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e ficou a disposição das autoridades de plantão para Providência que o caso requer.

carro-1

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Carlos Franco

Fotos: Extra de Rondônia

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO