Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Vilson Diniz, dirigente sindical do Sindur
Vilson Diniz, dirigente sindical do Sindur
Estamos em guerra 468×60

Durante dois dias – quinta-feira, 24, e sexta-feira, 25 – trabalhadores da Eletrobrás paralisaram suas atividades. A manifestação é nacional.

Em Vilhena, a confirmação da paralisação é do dirigente sindical Vilson Diniz.

Ele informou o principal motivo é a indignação devido ao desmonte da Eletrobrás. “A luta dos trabalhadores é por uma Eletrobrás forte, prestando um serviço de excelente qualidade”, frisou.

O dirigente sindical também disse que o protesto é contra a política de sucateamento do setor elétrico promovido pelo atual governo.

Conforme o site do Sindicato dos Urbanitários do Estado de Rondônia, a recomendação do Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), para os trabalhadores é que não aceitem provocações, já que sempre nestes momentos de luta surgem os aproveitadores, aqueles que vivem à sombra do poder e estão dispostos a tudo para manter seus privilégios, mesmo que tenham que prejudicar um trabalhador ou uma trabalhadora.

 

>>> MAIS INFORMAÇÕES SÃO DISPONIBILIZADAS NO LINK ABAIXO:

 

http://www.sindur.com.br/?conteudo=noticiasmostra&cod=4313

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO