dengue 728×90 – 2

capaA Polícia Militar (PM) prendeu no final da manhã desta quinta-feira, 24, Elijaques Braga (Free Willy), Thiago Wender Ferreira, e Waneis Ariat River Sanches. O trio está sendo acusado de receptação. Segundo os militares responsáveis pela prisão, os três caminhavam no bairro Embratel, e ao perceberam a aproximação da viatura, tentaram se desfazer de uma bolsa preta, que continha um computador modelo net book, da marca Acer.

Ao serem interceptados, eles não souberam responder a procedência o equipamento. Entretanto Thiago Wender Ferreira disse que o net book lhe pertencia, mas não apresentou documentação comprobatória. Durante o caminho à Delegacia de Polícia Civil (DPC) ele mudou sua versão e disse que assumiu a propriedade do equipamento por medo de Free Willy, que já tem passagem por homicídio.

Thiago Wender Ferreira disse, ainda, que o amigo tinha uma “quadrada” (gíria para descrever uma pistola). A patrulha composta pelo Sargento Stevanelli, e os soldados Ângelo e Gillian, foram até à residência de Free Willy, onde encontraram a fonte do computador, além de um prato e cachimbos, provavelmente utilizado para consumo de drogas.

Com Free Willy os PMs encontraram, ainda, substância que aparenta ser Maconha. Ele explicou aos policiais que o computador pertence à única mulher envolvida no caso Waneis Ariat River Sanches. Ela, por sua vez, disse que recebeu o equipamento para quitar uma dívida, contudo não soube dizer de quem recebeu.

Os três envolvidos no caso têm passagens pela polícia. Durante a revista o acusado Free Willy sofreu um ataque epilético, e teve que ser encaminhado ao Hospital Regional. De acordo com dados do Corpo de Bombeiro, ele passa bem.

receptacao

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Fotos: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO