Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

projeto escolaEngana-se quem acha que pesquisas científicas só são realizadas durante o ensino superior. Para os alunos do Ensino Médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio, Zilda da Frota Uchôa, em Vilhena, a realidade é outra desde a implantação do projeto ‘Água, escola e meio ambiente’, em 2011.

A ação leva 11 turmas de 1º a 3º ano do segmento em visitações de campo a rios do munícipio para estudar suas nascentes, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PHCs) e água, além de solo, fauna, flora e a história da região

Logo no início do ano letivo, de acordo com a coordenadora do projeto, Ana Neri de Paula Assis, os professores começam a preparar os alunos com conteúdos específicos voltados para a pesquisa em campo. Os jovens são divididos em grupos, que representam cada disciplina envolvida no projeto, para focar na análise e ter um resultado mais aprimorado. “Cada grupo fica com uma parte da pesquisa, quando retornam para sala, trocam informações e experiências, o que torna a análise geral mais rica”, conta.

No local das pesquisas, Ana afirma que os alunos, junto com os professores, analisam a água e o solo de vários pontos da região, coletam fungos e insetos para aulas de biologia, entendem com a geografia a influência da intervenção humana no fluxo dos rios e elaboram relatórios para autenticar as análises realizadas. Além dos documentos, um vídeo é gravado para ser exibido aos futuros novos alunos que devem participar do projeto.

A professora Ana diz que o projeto reflete diretamente no futuro dos mais de 1,5 mil alunos que já participaram da ação.

Texto e Foto: Assessoria

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO