dengue 728×90 – 2

terra legalO coordenador do Programa Terra Legal em Rondônia, Francisco Sales, falou nesta quinta-feira, 08, sobre a documentação das propriedades rurais que compões as comunidades Cooperfrutos e Aprovida. Os esclarecimentos foram feitos durante evento de entrega de títulos do Programa do Governo Federal, ocorrido no auditório da Prefeitura de Vilhena, durante a manhã.

Sales explicou que muitas incertezas tem surgido com relação à documentação da área, que abriga cerca de 150 famílias. “Há alguns dias, por falha em nosso sistema acabamos entregando o título de três dessas propriedades, e tínhamos a opção de pegar o documento de volta, mas não o faremos porque entendemos que a negociação entre a Prefeitura e o Exército está adiantada e que logo o processo será concluído para que possamos documentar todos os produtores daquela área”, alegou.

O coordenador do Terra Legal salientou ainda que toda a parte de georeferenciamento já está concluída e os títulos prontos, já que o órgão tem confiança de que a negociação pela troca da área vai ser bem sucedida. “Só estamos esperando o Exército dar o aval para entregarmos o documento, mas isso só vai ocorrer depois que o processo de permuta entre o município e o órgão for concluído, por isso considero de fundamental importância a intervenção que a Prefeitura tem feito, na pessoa do prefeito Zé Rover, há dois anos, quando iniciamos o processo de regularização”, destacou.

Em março de 2012, em audiência de conciliação de conflitos agrários, o prefeito Zé Rover propôs ao Exército doar uma área para o órgão em troca do local onde funciona há cerca de 20 anos as associações Cooperfrutos e Aprovida, que ajudam a abastecer a região Norte com produtos hortifrutigranjeiros. Desde então a negociação tem avançado, faltando apenas a decisão final do Exército em aceitar a área oferecida pelo município na troca.

TÍTULOS – O Programa Terra Legal, na ocasião, entregou 25 títulos a proprietários rurais de Vilhena. A solenidade contou com a presença de representante do prefeito Zé Rover, representantes da Emater, representante do Banco do Brasil, o secretário de Estado de Agricultura Evandro Padovani, entre outras autoridades do setor.

 

Autor e foto: Assessoria

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO