dengue 728×90 – 2
O caso envolvendo Luiz Gomes ocorreu em junho de 2012
O caso envolvendo Luiz Gomes ocorreu em junho de 2012

E parece que o “Governo da Cooperação” está mesmo “cooperando” com a impunidade. Quase dois anos se passaram e até o momento o titular da representação vilhenense da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Luiz Silva Gomes, não teve nenhuma punição (ou pelo menos foi feita pública) após ser  flagrado dirigindo embriagado a viatura do órgão.

O fato aconteceu na madrugada de domingo 24 de junho de 2012, nas imediações da Casa de Detenção de Vilhena, no centro da cidade, e está registrado no Boletim de Ocorrência 5092-2012.

Após o caso ser levado à tona pelo Extra de Rondônia, o Ministério Público (MP) gerou a Ação Civil Pública ao Poder Judiciário da Comarca, apresentado pelo Promotor de Justiça, Fernando Franco Assunção. Luiz Silva Gomes foi denunciado pela prática de improbidade administrativa.

Na ação, o procurador de Justiça detalha o incidente, partindo de documentos e registros obtidos junto a órgãos de polícia e até mesmo do depoimento do próprio acusado. A ação, conforme pesquisa no Tribunal de Justiça, está em andamento.

O promotor requereu a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por três a cinco anos, pagamento de multa e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

Por parte do Governo comandado por Confúcio Moura (PMDB), não houve – pelo menos pública – nenhum “puxão de orelha”, o que leva a pensar que casos semelhantes podem estar ocorrendo em Rondônia sem que os abusos com as viaturas oficiais dos órgãos do Estado sejam punidos.
RELEMBRE O CASO

Segundo o BO, ao se deslocar até a casa noturna Terraçu`s a fim de atender outra situação, a guarnição da PM se deparou com a caminhonete L-200, placas NCV-1219 (Porto Velho), trafegando na principal avenida da cidade em zigue-zague, desenvolvendo alta velocidade e “patrolando” quebras-molas.

A viatura saiu em perseguição, alcançando o veículo na Avenida Jamari, nas imediações do presídio. A P-Tran foi acionada, e ao fazer o teste do bafômetro no motorista ficou constatado a presença de 0,45 mg/l de álcool no sangue, caracterizando estado de extrema embriagues.

Ao identificar o condutor, Luiz Silva Gomes, a polícia descobriu que se tratava do titular local da SEDAM, e que o veículo, encaminhado ao pátio da CIRETRAN, faz parte da frota de viaturas oficiais do Estado em serviço na cidade.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO