Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

fossaO Ministério Público (MP) de Vilhena, através do promotor de justiça Pablo Hernandez Viscardi, enviou ofício às secretarias municipais de obras, e meio ambiente, ao prefeito Rover (PP), bem como à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM) informando que têm prazo de 15 dias para solucionar o problema da fossa que pertence ao Hospital Regional de Vilhena.

A fossa gera transtornos aos comerciantes, bem como aos usuários do serviço de saúde, por conta do mal cheiro que exala quando estoura.

A matéria veiculada pelo site Extra de Rondônia, publicada no último dia 28 de abril de 2014, intitulada “Catinga em frente ao Hospital Regional ‘comemora’ três anos” foi usada como base para o ofício, que foi entregue aos responsáveis pela pasta no último dia 7 de maio.

De acordo com o promotor de justiça que emitiu o documento, o intuito do MP é apurar uma eventual poluição ambiental decorrente do despejo irregular de esgoto oriundo do hospital.

Esta página eletrônica noticiou, no último dia 20 de maio, mais um problema relacionado ao assunto através da matéria cujo título é “Fossa do HR estoura e gera constrangimento a comerciantes”. O odor aumenta conforme o fluxo de pessoas que passam pela unidade de saúde, e quem trabalha na região é obrigado a cheirar o resultado.

Confira os links relacionados:

http://www.extraderondonia.com.br/2014/04/28/catinga-em-frente-ao-hospital-regional-comemora-tres-anos/

http://www.extraderondonia.com.br/2014/05/20/fossa-do-hr-estoura-e-gera-constrangimento-a-comerciantes-da-redondeza/

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: Arquivo E/R

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO