Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
No  Extra de Rondônia, vereador agradeceu mensagens positivas
No Extra de Rondônia, vereador agradeceu mensagens positivas
Estamos em guerra 468×60

O vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena, Vanderlei Graebin (SDD), visitou a redação do Extra de Rondônia nesta sexta-feira, 30, para falar a respeito do acidente que se envolveu na tarde da última quarta-feira, 28, por volta das 16h00, na BR, próximo ao município de Cáceres (MT).

O caso foi divulgado em primeira-mão no Extra de Rondônia, horas após o acidente. O parlamentar estava em sua caminhonete modelo S-10, no banco dianteiro do carona, e teve uma luxação no braço direito.

Ele contou que o assessor parlamentar, Sandro Reck, estava dirigindo, e a caminhonete modelo F-4000 estava parada no acostamento no mesmo sentido que trafegava o vereador, que seguia rumo a Cuiabá (MT). “O motorista simplesmente entrou na estrada, sem sinal nenhum. A colisão foi inevitável”, relembra. Graebin contou, ainda, um vendedor vilhenense lhe socorreu, e o levou ao hospital em Cáceres.

O vereador foi submetido a uma cirurgia, e ficará com o braço enfaixado por cerca de 15 dias. “Foi um susto muito grande. Só por Deus mesmo que estou vivo”, disse. Vanderlei Graebin aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os amigos, familiares e demais pessoas que lhe enviaram mensagens positivas. “Agradeço a todos pelo carinho”, arrematou.

O presidente da Câmara de Vereadores chegou a Vilhena na noite desta quinta-feira, 29.

Veja mais sobre o assunto no  link abaixo:

http://www.extraderondonia.com.br/2014/05/29/vanderlei-graebin-divulga-fotos-do-acidente-que-se-envolveu/

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO