Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

embratelA Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) finalizou, no último final de semana, a “Operação Limpeza e Patrolamento” nas ruas do Setor Embratel, na Zona Leste da cidade.

A obra foi compromisso firmado pelo prefeito Zé Rover com representantes da Associação de Moradores do bairro. Também foi feito o encascalhamento em pontos das vias onde ocorreram alagamentos no período chuvoso.

Em seguida, a Secretaria de Obras iniciou o mesmo serviço na Assossete, residencial também localizado na Zona Leste.

Nesta segunda-feira, 2, as quatro avenidas que formam o quadrilátero em torno do bairro já tinham sido recuperadas. E, de acordo com o cronograma da equipe da “pesada” da secretaria, ainda esta semana todas as ruas do bairro serão limpas e patroladas.

Nesta operação de limpeza, as máquinas e caminhões da Semosp recolhem mato, grama, madeira, folhagens e galhos de árvores retirados dos quintais dos moradores. O titular da pasta, Elizeu de Lima, pede aos moradores que coloquem os entulhos nas ruas somente dentro do período da Operação Limpeza em seu bairro, a fim de evitar possível multa pela Fiscalização de Postura da Prefeitura. “É importante a população ficar alerta para não descartar restos de alimentos, sacolas plásticas, garrafas PET, vidros, móveis ou eletrodomésticos neste entulho, evitando a contaminação do material que será recolhido nessa Operação Limpeza.

Desde que iniciou a Operação Limpeza e Patrolamento, em meados de abril, a Prefeitura também contemplou com a ação as ruas não asfaltadas dos bairros Jardim Primavera, Cristo Rei, Marcos Freire, Setor 19, 22 e 23, Jardim das Oliveiras e Bela Vista, entre outros.

Texto e fotos: Assessoria

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO