Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Nilda afirmou que o benefício do “Bolsa Família” que recebia foi cortado há três meses
Nilda afirmou que o benefício do “Bolsa Família” que recebia foi cortado há três meses
Estamos em guerra 468×60

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), entrou em contato com a redação do Extra de Rondônia para rebater informações repassadas pela dona-de-casa Nilda Maria Batista, de 38 anos, que mora no bairro Cristo Rei, em Vilhena.

Ao site, Nilda afirmou que precisa de ajuda para alimentar seus filhos. Após veiculação da matéria, muitas pessoas se solidarizaram com a dona-de-casa, e começaram a questionar as ações da SEMAS, que tem por obrigação ajudar pessoas devido aos repasses federais que recebe.

Um deles é o programa “Bolsa Família”, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país.  Nilda afirmou que não recebe nada do programa federal há três meses e que pediu, inclusive, ajuda à SEMAS, mas que não foi atendida.

De acordo com Silvana Lídia Silveira, coordenadora do “Bolsa Família” em Vilhena, a dona-de-casa, sim, está incluída no programa federal. Entretanto, reconhece que, no mês passado, seu nome foi incluído no sistema, que acabou bloqueando o pagamento. “Foi apenas um mês, e não três como ela diz. Mas essa questão já foi resolvida”, frisou Silvana.

Ainda, a coordenadora explicou que desde o dia 13 passado, uma assistência social visitou a casa de Nilda, e  ela e seus filhos recebem acompanhamento médico. “Ela recebe cesta básica todas as quintas-feiras, além de leite e kit alimentação todos os dias. Temos relatório e documentos que provam que a família de Nilda está recebendo todos os benefícios por Lei”, esclareceu.

>>> LEIA MAIS A RESPEITO DO ASSUNTO NO LINK ABAIXO:

http://www.extraderondonia.com.br/2014/06/25/aos-prantos-dona-de-casa-pede-ajuda-para-alimentar-seus-filhos/

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO