Os quatro bandidos foram presos pela polícia de Cerejeiras
Os quatro bandidos foram presos pela polícia de Cerejeiras

A Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil (PC) de Cerejeiras, em menos de 10 dias, prenderam quatro bandidos vilhenenses que tentaram cometer crimes naquela cidade.

Em Vilhena, a PM intensificou o policiamento ostensivo e preventivo. O sistema de monitoramento, implantado há mais de um ano, teve responsabilidade e inibe a ação dos bandidos. Com isso, os marginais se sentiram acuados e começaram a “migrar” para outras cidades do Cone Sul.

Os criminosos, fortemente armados e usando sempre de violência, tentaram praticar assaltos na cidade de Cerejeiras, mas não levaram vantagem.

No primeiro caso, fato ocorrido no dia 16 passado, a (PC) agiu rápido e colocou atrás da grades Dione Garcia Soares, e o comparsa Ronaldo de Souza Araújo. Eles são acusados de terem invadido a casa de um empresário e mantido a família sobre a mira de pistola e revólver. A dupla roubou joias e dinheiro.

Já no segundo caso, ocorrido no início desta semana, um dos bandidos manteve quatro pessoas dentro de uma joalheria sobre a mira de pistola por cerca de 40 minutos, até se render. O comparsa foi preso pela (PM) quando dava cobertura na porta do estabelecimento. Os acusados, identificados como Wesley Rodriguez Soares, e Adaílio Neves Silva, foram presos.

Isto mostra que os efetivos da Lei, tanto militar quanto civil, estão preparados apara agir e colocar atrás das grades estes marginais que pensam que vão continuar com seus atos criminosos.

Armas usadas pela dupla que assaltou a casa do empresário
Armas usadas pela dupla que assaltou a casa do empresário
Pistolas usadas pela dupla que tentou assaltar a joalheria
Pistolas usadas pela dupla que tentou assaltar a joalheria

Texto: Extra de Rondônia
Fotos: Arquivo/Extra

sicoob credisul
vacina 728×90