mineradoraO Ministério do Trabalho e Emprego de Rondônia (MTE-RO) está investigando a morte do minerador José Aparecido Roldão, 57 anos, que morreu soterrado por volta das 16h00 da última segunda-feira, 20, na mineradora de areia “Chicone”, da Arevil, que fica nas proximidades da chácara do Raimundo, zona rural, em Vilhena.

De acordo com o órgão, a empresa responsável pela mineradora tem até a segunda-feira, 27, para apresentar vários documentos sobre a atuação da mineradora.

Um dos itens pedidos pelo órgão do trabalho é o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PRRA), um documento que vai dizer se o técnico do Ministério do Trabalho esteve na mineradora para inspecionar a segurança do local.

A perícia técnica ainda não tem um laudo conclusivo sobre as causa do acidente, segundo informou o ministério, por isto, os peritos estão colhendo depoimentos de pessoas que estavam na mineradora no dia do acidente.

Sobre indenizações, o órgão informou ser necessário aguardar as investigações para saber se houve negligência por parte da empresa ou do funcionário.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS A RESPEITO DO ASSUNTO

Texto: Extra de Rondônia com informações: G1.com

Foto: Arquivo/ER

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90