pro 1Com cartazes, apitos e gritando palavras de ordem, os alunos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), do Campus Vilhena, realizaram um protesto na manhã desta terça-feira, 28.

Os estudantes se concentraram na Praça Nossa Senhora Aparecida e foram caminhando até o sinal de trânsito no cruzamento da Avenida Major Amarante com a Rua Marques Henrique no centro da cidade. Eles reivindicaram melhorias no transporte público do município.

Inicialmente a ideia do grupo era realizar uma caminhada pelo centro da cidade, mas de acordo com o presidente do grêmio estudantil “Catraca Z3RO”, Dhonatan Pagani, o grupo não conseguiu autorização da Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) para realizar a caminhada.

“Levamos o ofício comunicando sobre a caminhada, mas o pessoal da Semtram disse que não poderia liberar por causa do período eleitoral, e por isso a Polícia Militar não poderia fazer o acompanhamento pelas ruas da cidade. Para não criar mais problemas, resolvemos fazer o nosso protesto no sinal”, explicou Dhonatan.

De acordo com Pagani, a manifestação, que ganhou o nome de “Movimento Social em defesa da Juventude”, teve como objetivo garantir a segurança dos alunos do IFRO, e moradores do bairro Barão do Melgaço III.

O jovem lembrou que na semana passada dois alunos que voltavam do instituto de bicicleta na BR-174 foram atropelados. “Nós estamos fazendo essa manifestação para reivindicar um direito nosso, que é a segurança no trânsito e evitar que outros acidentes aconteçam”, afirmou o presidente do grêmio estudantil.

Dhonatan, ainda, disse que o grupo pretende, em breve, realizar mais um protesto. “Ninguém vai conseguir nos calar. Vamos continuar lutando pelos nosso direitos. Queremos que sejam pensadas políticas públicas voltadas para os jovens de Vilhena”, finalizou.

pro 2

pro 3

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO