Cleonice Batista se envolveu em um acidente de automóvel na noite do dia 25 de setembro, na BR-364
Cleonice se envolveu em um acidente de automóvel

A equipe de reportagem do Extra de Rondônia entrou em contato com a família da professora vilhenense, Cleonice Batista de Jesus, que se envolveu em um acidente de automóvel na noite do dia 25 de setembro, na BR-364, próximo ao município de Pimenta Bueno, para saber qual é o estado clínico da educadora.

Por telefone, a filha caçula de Cleonice, Lizandra Batista de Jesus, informou que o estado da mãe é gravíssimo e que, segundo os médicos, ela pode morrer a qualquer momento.

A professora vilhenense já foi submetida a oito cirurgias desde quando deu entrada no Hospital Regional de Cacoal.

Durante a última a equipe médica responsável pelo caso retirou uma membrana de sua perna para colocar em sua cabeça, na tentativa de fazer com que ela (a membrana) aceite a medicação para reduzir o número de bactérias que se alojaram no cérebro de Cleonice.

A filha mais nova da educadora ressaltou que a mãe está com quatro drenos na cabeça que retiram o pus gerado pelas bactérias, as quais – segundo Lizandra Batista de Jesus -, decompõem o cérebro da professora. “Os médicos nos informaram que caso ela consiga sobreviver perderá os movimentos do corpo e a fala”, disse Lizandra, que ressaltou o fato de que a família ainda acredita em um milagre. “Estamos rezando pra que Deus opere sobre o caso de minha mãe”, afirmou.

A equipe de reportagem da página eletrônica foi informada, no início da manhã desta quarta-feira, 29, de que a equipe médica responsável pelo caso de Cleonice havia tomado a decisão de desligar os aparelhos que lhe auxiliam a professora a sobreviver. Sua filha foi enfática ao dizer que a informação é falsa, e que há muitos boatos espalhados por Vilhena sobre o caso de sua mãe.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Álbum de família

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO