Coronel Gonçalves disse que sua saída está prevista para o início de 2015
Coronel Gonçalves disse que sua saída está prevista para o início de 2015

O Tenente Coronel da Polícia Militar, Paulo Sérgio Vieira Gonçalves, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM) conversou com a equipe de reportagem do Extra de Rondônia e anunciou que deixará o comando do BPM (responsável por todo o policiamento do Cone Sul de Rondônia) para se dedicar exclusivamente ao trabalho de instalação de vídeo-monitoramento nos municípios do estado, projeto que foi inicialmente idealizado em Vilhena, e ganhou repercussão por todas as cidades de Rondônia.

O Coronel Gonçalves, como é popularmente conhecido, disse que sua saída está prevista para o início de 2015. O convite para comandar este projeto partiu do alto comando da PM rondoniense, que gostou dos resultados obtidos pelo projeto idealizado pelo atual comandante do 3º batalhão, em parceria com a ACIV e o Sicoob Credisul.

Atualmente, a cidade de Vilhena conta com 20 câmeras de vídeo-monitoramento, e o Coronel Gonçalves adiantou que o município irá ganhar mais 13 unidades, que serão distribuídas em novos pontos. Os equipamentos serão comprados pelo Governo do Estado, e atualmente estão em fase de licitação.

O idealizador do projeto adiantou que as novas câmeras irão contar com um diferencial. “Elas terão intercomunicadores, como se fosse um interfone. O cidadão poderá conversar com o policial que está trabalhando no monitoramento, sem a necessidade de ligar para o 190. Isso auxilia, e agiliza o trabalho da PM”, acredita.

ÓCULOS COM SOFTWARE

Outro projeto correlacionado ao vídeo-monitoramento já foi aprovado pelo Coronel Gonçalves e sairá do campo das ideias, em breve.

Segundo ele, a empresa que fabrica as câmeras desenvolveu óculos compatíveis com o software que auxilia os equipamentos de filmagem. Esses óculos podem ser usados pelas equipes de rua.

A central de monitoramento acompanhará o trabalho através da câmera inserida na armação que dá sustentação às lentes, para auxiliar os policiais de rua. “Os óculos estão em fase de testes. Assim que estiverem disponíveis pra compra serão adquiridos pelo batalhão”, confirmou.

O projeto do vídeo-monitoramento deu tão certo que todos os comandantes dos batalhões da PM em Rondônia já confirmaram visita coletiva ao batalhão de Vilhena para conhecerem de perto o sistema de vigilância eletrônica. A visita está prevista para o mês de dezembro.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO