DSC_0199 (1)O prefeito de Vilhena, Zé Rover, esteve acompanhando, no final de semana, o andamento de diversas obras em execução no município. Ao todo são cerca de R$ 20 milhões que estão sendo investidos em obras que vão beneficiar vários bairros e em muitos segmentos.

Rover destacou que maioria das obras é realizada através de convênio com o Governo Federal e contrapartida do município. Também há investimentos do Governo do Estado.

A primeira obra a ser visita pelo prefeito foi a Unidade de Pronto-Atendimento – UPA 24 horas. A UPA fica localizada no setor 06 e vai atender casos de urgência e emergência em saúde. O investimento é de R$ 2.175.956,97, verba proveniente do Governo Federal com contrapartida do município e é a primeira a ser construída no Cone Sul do Estado. “Já estamos trabalhando para assim que terminar a construção, equiparmos a UPA e colocá-la em funcionamento”, destacou.

No setor 12, Rover acompanhou a construção do Posto de Saúde, obra orçada em R$ 512 mil e realizada mediante convênio com o Ministério da Saúde. “Com a construção desta Unidade de Saúde os moradores dessa região não precisarão se deslocar para obter atendimento em outras unidades”, afirmou o prefeito, ao lembrar que a unidade terá amplo espaço físico e grande capacidade de atendimento.

No setor 19 o prefeito visitou três importantes obras: a construção do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), a praça pública e a Unidade da Polícia Militar, que é realizada pela própria PM e parceiros. O CRAS vai atender cerca de cinco mil famílias e é construído com emenda do Senador Acir Gurgacz de R$ 800 mil, com outros R$ 50 mil do município. Já a praça, mesmo em fase de acabamento já está em uso pela comunidade.

A pista de Testes do Detran, que será inaugurada pelo governador Confúcio Moura, na quinta-feira, 20, também foi um pedido da Prefeitura de Vilhena ao Estado, através da Secretaria Municipal de Trânsito. “Somos gratos ao governador por essa obra que vai tirar os testes da Carteira Nacional de Habilitação das ruas, garantindo mais segurança para o trânsito em geral”.

No setor 73 uma praça pública também está em fase de acabamento. Os últimos ajustes são feitos durante a semana, mas o espaço já tem sido utilizado para lazer e diversão dos moradores do residencial Açaí e demais adjacências.

Rover também fez questão de passar pela Capela Ecumênico, que está quase pronta, no pátio do Cemitério Cristo Rei. São R$ 400 mil do Governo Federal e mais R$ 100 mil para a construção do prédio, que conta com quatro salas para a realização de funerais, banheiros, cozinha e outras instalações destinadas a servir de forma totalmente completa às famílias vilhenenses nestes momentos difíceis, prestando serviços de maneira diferenciada, inexistentes em outras cidades do Estado.

No bairro São José o prefeito visitou ainda a construção da Feira Livre e da Quadra Poliesportiva, que ficam lado a lado. O ginásio poliesportivo custa R$ 615 mil através de convênio com o Governo Federal (Calha Norte/Ministério do Desenvolvimento) e conta com contrapartida do município.

O novo espaço vai permitir a prática de diversos esportes. A estrutura possui vestiários e padrão adequado para a realização de campeonatos. A construção da feira está orçada em R$ 515 mil e vai beneficiar os feirantes de Vilhena que atualmente expõe seus produtos no bairro todas as sextas-feiras, reunidos em uma rua.

No bairro Ipanema, outra boa notícia. A rede de energia elétrica está pronta e os moradores passam a contar com energia de procedência segura. A entrega da iluminação para a comunidade será feita pelo prefeito Zé Rover no domingo, 23, durante as atividades de comemoração do aniversário de Vilhena.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO