peladaUma onda de pessoas peladas andando pelas ruas vem tomando conta do Brasil. Só em Porto Alegre vários casos já foram registrados este ano.

O primeiro caso ocorreu em 30 de outubro, quando uma jovem foi flagrada correndo em um parque no Paraná. No dia 6, uma mulher foi vista caminhando em meio aos veículos de uma avenida, em ato de protesto. No domingo (9), uma mulher correu sem roupa no Centro e, mais tarde, um homem foi visto pelado em uma movimentada avenida.

E em Pimenta Bueno a “Febre dos Pelados” ao que parece já chegou. Dois amigos estavam saindo do município com destino a Espigão do Oeste, cidade onde residem, quando flagraram o ato inusitado na rodovia: uma mulher andando a pé pela RO 387,  completamente nua, assim como veio ao mundo.

Não acreditando no que viam, os amigos começaram a filmar com um aparelho celular.  A mulher parecia não estar nenhum pouco preocupada ou constrangida com a situação, até parou e conversou rapidamente com os rapazes e disse ser bonita e que tinha que mostrar mesmo. O vídeo já se espalhou rapidamente pelo aplicativo whatsapp é está fazendo o maior sucesso.

A “Peladona” não foi identificada e nem se sabe se ela reside em Pimenta Bueno ou Espigão. Ainda não se sabe se ela possui algum transtorno psicológico ou se foi influenciada por essa “onda” que está se alastrando pelo Brasil.

O fato é que com isso Rondônia registra seu primeiro caso nessa nova “modinha” do momento, agora resta saber se a moda vai pegar de vez por aqui.

http://www.youtube.com/watch?v=fp6vbq7t6Eg

Texto: Extra de Rondônia

Informações: Portalpimenta

Vídeo e Foto: Reprodução

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO