ma 1Os moradores do bairro Jardim Araucária, na cidade de Vilhena, estão revoltados com o cotidiano da empresa Lupatini Madeiras, empreendimento que é vizinho do loteamento.

Pessoas que moram na localidade afirmaram ao Extra de Rondônia que a empresa não respeita o trânsito no local, e coloca máquinas pesadas para passar pela rua que dá acesso ao bairro para retirar madeiras que ficam alocadas em terrenos baldios na redondeza.

Uma das moradoras da região fotografou, com seu aparelho celular, a forma como depositam o material, e falou das péssimas condições de trafegabilidade das vias.

Segundo a internauta, além de não ter asfalto na localidade, o maquinário da empresa acaba destruindo ainda mais as ruas por conta do peso que carregam todos os dias.

No bairro há cerca de 10 famílias. “É frequente. O tempo todo somos obrigados a parar para dar passagem aos tratores que transitam nas ruas carregados de madeira. Como os troncos são muito grandes tomam toda a extensão da rua. Já reclamamos em todos os órgãos relacionados ao meio ambiente, até mesmo o Ministério Público, mas até hoje não conseguimos resolver essa situação”, reclama a moradora, que entrou em contato com a página eletrônica.

O bairro Jardim Araucária foi embargado pela justiça, por isso não há muitas casas construídas. Segundo os moradores da localidade, a empresa responsável pelo loteamento não cumpriu com as exigências do município, as quais requerem ao construtor do empreendimento que o entregue com as mínimas condições, tais como asfalto, redes elétrica e hidráulica, asfalto e saneamento básico.

O Extra de Rondônia deixa espaço aberto aos donos da empresa para comentar acerca da situação descrita pelos moradores.

ma 3

ma 4

ma 5

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Contribuição do internauta

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO