Regional-1O Ministério Público (MP) instaurou inquérito civil para apurar supostas irregularidades no setor de enfermagem do Hospital Regional de Vilhena.

As acusações foram feitas pelo Conselho Regional de Enfermagem (COREN).

Atendendo à denúncia, o promotor de justiça Paulo Fernando Lermen, curador de saúde, determinou a instauração do inquérito, proferido no último dia 9 de dezembro.

Em agosto passado, profissionais de enfermagem relataram o drama em abaixo-assinado.

 

>>> CONFIRA, ABAIXO,  O EXTRATO DA PORTARIA:

 

CURADORIA DA SAÚDE

EXTRATO DA PORTARIA DE INQUÉRITO CIVIL Nº 046/2014.

AUTOS Nº 2014001010004551.

Data da instauração: 27 de fevereiro de 2014.

Promotoria: 1ª Promotoria de Justiça de Vilhena/2ª Titularidade.

Promotor: Dr. Paulo Fernando Lermen

Assunto: apurar irregularidade no setor de enfermagem do Hospital Regional, concernente aos apontamentos feitos pelo COREN (Conselho Regional de Enfermagem), quanto ao seguinte: ausência de identificação profissional, com oposição do número de inscrição no COREN, na maioria dos registro de enfermagem; ausência de Anotação de Certidão de Responsabilidade Técnica do Enfermeiro; pessoal de enfermagem insuficiente para a necessidade do serviço de enfermagem; inexistência de enfermeiros em ambulâncias; inexistência de Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE); ausência de classificação de pacientes, realizado pelo enfermeiro; ausência de planejamento, coordenação e Procedimento de Operação Padrão (POP) no Centro de Material e esterilização; e ausência de Planejamento e Programação de Enfermagem.

 

Vilhena/RO, 09 de dezembro de 2014.

PAULO FERNANDO LERMEN

Promotor de Justiça

Curador da Saúde

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO