aftosa 728×90
Prefeito fez balanço anual de sua administração
Prefeito fez balanço anual de sua administração

O prefeito de Vilhena, Zé Rover (PP) visitou a redação do Extra de Rondônia na tarde desta terça-feira, 30, para fazer um balanço anual de sua administração.

Para ele, o ano de 2014 foi excelente, pois conseguiu concretizar todos os seus projetos de governo, os quais alguns começam a se apresentar oficialmente à população a partir do mês de janeiro.

Segundo Rover, o município já tem subsídio garantido do Governo Federal que começam a ser aplicados na cidade. O valor do montante inicial é de R$ 170 milhões que serão destinados a várias obras. “Temos ainda cerca de R$ 20 milhões que serão destinados a obras de pequeno porte, essenciais para o bom andamento da cidade”, completou.

Além da parcela, o ano de 2015 promete ser produtivo, uma vez que a câmara de vereadores de Vilhena aprovou orçamento de R$ 288 milhões. “Todos os setores serão beneficiados”, garante.

Zé Rover contou, ainda, que consolidou um projeto diferenciado para sua administração, e pretende coloca-lo em prática a partir do ano que vem. O prefeito de Vilhena explicou que pretende se aproximar da classe comercial vilhenense, firmar novas parcerias e renovar o estilo da sua administração.

Para tanto irá reduzir custos operacionais. A alternativa, segundo ele, será reduzir a folha de pagamento, promovendo algumas exonerações de cargos comissionados e, também, anexar secretarias, o que significa redução do número de secretários e adjuntos.

Segundo cálculos feitos pelo prefeito, pelo menos cinco pastas serão homogeneizadas. Rover evitou detalhar qual delas serão extintas, pois prefere conversar primeiramente com os secretários que irão perder seus cargos, para em seguida tornar pública a decisão.

O prefeito contou que para garantir as contrapartidas do município aos investimentos federais foi necessário reduzir custos, e arrumar um jeito de pagar a produção das obras, que para o município, somente no mês de janeiro, custará em média R$ 5 milhões.

ASFALTO E DRENAGEM

Zé Rover contou que logo no início do período de estiagem as obras de drenagem e asfaltamento pelas ruas da cidade irão começar. “O dinheiro já está na mão. Não podemos começar agora por conta das chuvas, que pode colocar em risco a qualidade da obra. Assim que parar de chover, começaremos os trabalhos”, informa.

Segundo o chefe do executivo municipal, serão 40 quilômetros de asfalto, e 35 quilômetros de drenagem.

RELAÇÃO COM A BANCADA FEDERAL

O prefeito de Vilhena fez questão de elogiar todos os parlamentares de Rondônia em âmbito federal. Ele conta que a ajuda de todos foi essencial para a destinação de recursos para Vilhena. “Tenho um excelente relacionamento com a bancada federal. Não é fácil garantir recursos para um município, e por conta desse entrosamento Vilhena garantiu recursos que poucos municípios no Brasil conquistaram”, conta.

IVO CASSOL É UM PARCEIRÃO, MAS…

O Senador da República Ivo Cassol (PP) concedeu entrevista à Rádio Planalto no final da manhã da terça-feira, 30. Seu discurso ácido, cheio de críticas e cutucões mais uma vez fora transmitido a todo estado de Rondônia, e sobrou até algumas indiretas ao prefeito de Vilhena, que decidiu apoiar a reeleição de Confúcio Moura (PMDB) ao invés de acatar as ordens de Cassol e colocar sua equipe pra trabalhar para Expedito Junior (PSDB).

O prefeito fez questão de ressaltar que o Senador e colega de partido é um grande parceiro de sua administração, foi um grande facilitador de recursos para o município, e vem exercendo um excelente trabalho.

Rover conta que a relação com Cassol está boa, porém não coopera com o jeito “coronel” que o ex-governador de Rondônia adota nas suas decisões políticas. Para o prefeito de Vilhena, Ivo precisa mudar seu estilo político, aprender a dialogar mais, e deixar que seu grupo faça escolhas, e não apenas acate o que ele mandar. “Não concordo com isso, e não posso aceitar esse tipo de conduta. O resultado das últimas eleições mostra que a forma como o PP vem caminhando dentro do estado não é correta, e precisamos mudar”, opina.

O prefeito de Vilhena conta que a falta de diálogo fez com que as conjecturas em que o partido estava nestas eleições não vingassem. Entretanto, alega que “Cassol é um homem correto, inteligente, e sabe ouvir as pessoas. Creio que irá conseguir dar um novo fôlego ao PP”.

Na redação do Extra de Rondônia, Rover esteve acompanhado de Gustavo Valmórbida, secretário governamental da prefeitura
Na redação do Extra de Rondônia, Rover esteve acompanhado de Gustavo Valmórbida, secretário governamental da prefeitura

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO