Zé Rover terá que se explicar  às autoridades
Zé Rover terá que se explicar às autoridades

A Procuradoria Geral de Justiça de Rondônia instaurou procedimento criminal para investigar a conduta do prefeito de Vilhena, Zé Rover (PP).

A finalidade da investigação criminal é o suposto aumento de despesa total com servidores nos últimos seis meses de 2012, ano eleitoral, quando Rover conseguiu ser reeleito ao cargo.

Se houver confirmação de crime contra a administração pública, o prefeito vilhenense pode ser punido conforme descrito no art. 319-G do Código Penal, por prevaricação, por “retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”.

Rover pode pegar pena de detenção, de três meses a um ano, além de multa. O ato também pode ser considerado como improbidade administrativa.

A investigação foi instaurada pelo Procurador-Geral Héverton Alves de Aguiar.

 

>>> CONFIRA, ABAIXO, O PROCEDIMENTO INVESTIGATÓRIO:

 Extrato da Portaria nº 1267, de 3 de dezembro de 2014

Instaura Procedimento Investigatório Criminal

Feito nº 2014001010003578

Assunto: Instauração de Procedimento Investigatório Criminal com a finalidade de apurar a conduta do Prefeito do Município de Vilhena, que teria aumentado a despesa total com pessoal nos últimos seis meses de 2012, ano de eleições municipais, assim podendo incidir no tipo descrito no art. 319-G do Código Penal.

Héverton Alves de Aguiar

Procurador-Geral de Justiça

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO