Junior Donadon, presidente da Câmara Municipal de Vilhena
Junior Donadon, presidente da Câmara Municipal de Vilhena

O prefeito de Vilhena, Zé Rover (PP), anunciou à imprensa, nesta semana, a pretensão de criar a Guarda Municipal, ação emergencial em função do aumento da onda de criminalidade que assola o município.

A criação da Guarda Municipal sempre foi assunto de discussão no plenário pelo vereador Junior Donadon (PMDB), presidente do Poder Legislativo, mesmo antes da atual crise. Indicação neste sentido foi defendida pelo parlamentar em agosto de 2013, no 1º ano de seu mandato na Câmara.

Na ocasião, o parlamentar justificou a solicitação dizendo que a criação da Guarda Municipal consta na Lei Orgânica do Município. Entretanto, como resposta, o Executivo explicou que a criação não seria possível devido a questões financeiras.

O tema foi ainda defendido por Junior Donadon no início da atual legislatura. Através de requerimento, ele exigiu informações sobre o Conselho Municipal de Segurança e o Fundo Municipal de Segurança, entre outros assuntos, previstos na Lei nº 1.238/2000.

Para o Presidente da Casa de Leis, a comunidade quer respostas dos Poderes, e a Câmara de Vereadores vai intervir de forma rápida e eficaz para tentar avaliar alternativas para combater a violência em Vilhena. “Vamos unir forças para atuar como apoio às instituições de Segurança Pública. Parabenizo o prefeito Rover pela atitude, sabendo que a Guarda Municipal será de grande importância para a segurança dos vilhenenses”, ponderou.

Indicação enviada ao Executivo em 2013
Indicação enviada ao Executivo em 2013
Resposta do Executivo à indicação do Parlamentar
Resposta do Executivo à indicação do Parlamentar
Mais um requerimento votado à Segurança Pública foi protocolado por Junior Donadon
Mais um requerimento votado à Segurança Pública foi protocolado por Junior Donadon

Texto e Fotos: Assessoria

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO