Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Apenas servidores  marcaram presença na audiência pública
Apenas servidores marcaram presença na audiência pública
Estamos em guerra 468×60

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) realizou na manhã dessa sexta-feira, 27, a XXXV Audiência Pública da Saúde na Câmara de Vereadores.

O objetivo da Audiência Pública da Saúde é apresentar a população e aos interessados, de forma clara e didática, os dados e informações das atividades efetivadas durante o 3º quadrimestre de 2014, com uma ampla prestação de contas dos serviços oferecidos pelos setores que compõe a saúde em Vilhena.

A apresentação dessa vez foi dividida em duas partes: a 1ª  ficou sob responsabilidade da contadora da Semus, Maria Celma Silva Lima, que, através de gráficos e demonstrativos, apresentou os valores investidos e repassados por cada esfera, seja do governo estadual, federal e municipal.

Celma destacou que é de extrema importância a realização da Audiência Pública, como ferramenta necessária para fiscalização e prestação de contas a população dos investimentos e ações realizadas pelo órgão. Entretanto, lamentou a pouca participação da comunidade. “É uma pena que haja pouco interesse aqui a população, que pode ter a oportunidade de esclarecer suas dúvidas”, salientou.

A 2ª parte da audiência foi apresentada pela enfermeira e Coordenadora técnica da Atenção Básica, Dalvelena Pinheiro, que expos os avanços de prestação de serviços realizados pela saúde através dos números e relatórios de cada setor. Dalvelena destacou que um das melhorias nos serviços de saúde pública foi a cobertura oferecida pelas Equipes de Estratégia em Saúde da Família (ESF).

Conforme dados demonstrados, o prefeito Zé Rover, e o secretário de Saúde, Vivaldo Carneiro, investiram na Saúde além dos 15% dos recursos determinados por lei, buscando, ainda, aplicar novos recursos para melhorar o atendimento dos munícipes.

Foi repassado nesse período através da União o valor de R$ 29.733.687,46 (53%). O Estado investiu nesse período R$ 4.387.459,44 (8%), em contrapartida o município injetou o valor de R$ 21.963.778,46 (39%) para melhorias em diversos setores da saúde.  Por lei, o valor mínimo que deve ser investido pelo município é de 15% da receita, ultrapassando a meta. O total de recursos investido pelas três esferas de governo no 3º quadrimestre de 2014 foram R$ 56.084.925,36.

SAUDETodos os seguintes setores da saúde apresentaram seus serviços e ações: Divisão de Vigilância Sanitária, Hospital Regional, Divisão de Endemias, Unidades Básicas de Saúde/Estratégia Saúde na Família, Divisão de Epidemiologia, Seção de Imunização, Centro Especializado de Reabilitação, a Farmácia Básica, Farmácia Popular, CAPS, SAE/CTA, Ambulatório Municipal, Atenção Domiciliar, CEREST, NASF, CRESAMC, tiveram suas planilhas apresentadas de maneira transparente e didática para o conhecimento da população.

 

Texto: Extra de Rondônia (Com informações da Assessoria)

Foto: Assessoria

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO