Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Emerson Costa mora há muitos anos em Vilhena
Emerson Costa mora há muitos anos em Vilhena
Estamos em guerra 468×60

O competente radialista Emerson Costa avalia a possibilidade de enfrentar as urnas nas eleições municipais de 2016, em Vilhena.

Ele pode, pela primeira vez, ser candidato a vereador. A princípio, Emerson quer ouvir familiares e amigos sobre o projeto.

Ao Extra de Rondônia, o comunicador, que mora há muitos em Vilhena, informou que recebeu convite para se filiar numa agremiação partidária, que é o começo para disputar o pleito eleitoral.

Para ele, atualmente a política está desacreditada. “Assim como eu, creio que muitos de vocês já se auto perguntaram: por que temos que engolir certas candidaturas a cargos públicos? Pessoas que se ‘acham’ capazes de representar alguém, algumas sem o mínimo censo do ridículo, se acham populares e tal e em época de eleição querem que as pessoas as aceitem como candidatos. Talvez esse seja um dos muitos motivos que a política está tão banalizada e em total descrédito”, analisa.

Em Vilhena, Emerson Costa já assessorou várias lideranças políticas, fato que o motivou a pensar na possibilidade da disputa eleitoral. “Compreendo a complexidade de uma eleição, afinal estou envolvido nos bastidores não é de hoje. Entendo perfeitamente que nós estamos enojados da política mesquinha e mentirosa que muita gente insiste em enfiar goela a baixo da sociedade, porém acredito que é chegado o momento de tentar mostrar que temos condições de mudar esse quadro”, pondera.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO