dengue 728×90 – 2

 

A sala de emergência ficou toda bagunçada
A sala de emergência ficou toda bagunçada

Na noite desta terça-feira, 10, por volta das 22h20, a Polícia Militar foi acionada para atender um caso na Rua Rio Grande do Norte, no bairro Novo Tempo, em Vilhena, onde a pessoa relatou que um rapaz descontrolado havia quebrado vários móveis e colocado fogo em sua moto Honda CG 125, além de ameaçar agredir o próprio pai.

De imediato uma viatura foi ao endereço, e constatou a veracidade da informação. O acusado identificado como Ademir Alves Santos, de 26 anos, foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil (DPC), porém, assim que a guarnição encostou o rapaz sofreu convulsão.

Imediatamente os militares acionaram o Corpo de Bombeiros, que rapidamente levou Ademir para o Hospital Regional, ele foi levado para a sala de emergência, e quando estava sendo medicado, o homem surtou e começou a quebrar tudo que via pela frente deixando todos os funcionários e pacientes em pânico.

Depois, saiu da sala de emergência e foi para o corredor pegou um extintor de incêndio e começou a bater na parede.

Rapidamente várias viaturas da PM chegaram à unidade de saúde, e foi preciso uso da força tática para contê-lo. O rapaz foi colocado numa cama e imobilizado para que o médico pudesse medicá-lo.

De acordo com Josinei Guimarães Alves, sobrinho de Ademir, ele tem problemas psicológicos, e há dias não toma remédios, além disso, segundo Guimarães o tio pode ter feito uso de bebidas alcoólicas.

Ainda, segundo os funcionários do hospital, se não fosse à intervenção rápida da polícia, uma tragédia poderia ter acontecido, pois o hospital não tem segurança, apenas o vigia que cuida do portão, e toda vez que há tumulto tem que chamar a PM.

A intervenção rápida dos policiais militares evitou uma tragêdia
A intervenção rápida dos policiais militares evitou uma tragédia

003

005

Texto e Fotos: Extra de Rondônia

 

 

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO