caminhao na balanca da 435

 

O deputado Luizinho Goebel (PV) se manifestou sobre a matéria intitulada: “Reunião entre deputado e diretor do DNIT pode fechar balança da BR-435”. Ele declarou que não se posicionou a favor do fechamento da balança de pesagem do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) na BR-435, mas evocou o cumprimento da legislação vigente. O estado corre o risco de ser multado se não cumprir a lei.

Conforme explicou existe uma lei estadual (em anexo) que isenta de pesagem nas balanças do DER os caminhões que transportam produtos saídos diretamente da lavoura ao armazém para secagem e armazenamento com a devida nota do produtor rural, como era o caso em questão.

Outra questão discutida pelo parlamentar com a direção do DER é a autonomia sobre quem deve realizar a fiscalização na BR-435, uma vez que a via deixou de ser estadual (antiga RO 399) para se tornar rodovia federal. Nesse caso a competência para a fiscalização teria quer ser do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT).

A lei número 3.228, de 21 de outubro de 2013, sancionada pelo governador Confúcio Moura (PMDB) determina a dispensa da pesagem, além dos produtos oriundos das lavouras, cargas vivas com até 18 cabeças de gado.

Veja mais sobre o assunto através do link

http://www.extraderondonia.com.br/2015/03/17/reuniao-entre-deputado-e-diretor-do-dnit-pode-fechar-balanca-da-br-435/

Texto: Da Assessoria

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO