CALOTEIROO governador Confúcio Moura (PMDB) cancelou a visita agendada para esta sexta-feira, 20, a Vilhena. O motivo: o avião não conseguiu decolar de Ariquemes em função do mal tempo. Essa é a justificativa divulgada por parte de sua assessoria.

Já outros líderes políticos garantem que o governador estava em Porto Velho,  e não em Ariquemes. Ou seja, a contradição de informações é para tentar camuflar a verdadeira razão: Confúcio quis evitar o desgaste político e ser humilhado publicamente por uma multidão de manifestantes, entre professores, representantes do Sintero, da Polícia Civil e outras entidades.

De forma respeitosa, os manifestantes tomaram o auditório do Ministério Público, onde aconteceu evento visando mostrar o “Projeto Rondônia”, questões técnicas para instalação da base cartográfica, que prevê o planejamento territorial do Estado.

Faixas de protestos tentaram chamar a atenção das autoridades políticas, entre eles, dois deputados estaduais e dois secretários estaduais. Uma das faixas chamou o governo Confúcio de “Caloteiro”, por não cumprir os compromissos assumidos com o Sintero. Em outra faixa, a Polícia Civil clama por Socorro.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO