covid19 – 728×90-2
Ironi Melo em visita ao Extra de Rondônia
Ironi Melo em visita ao Extra de Rondônia

A dona-de-casa Ironi Melo visitou a redação do Extra de Rondônia no início dessa semana para rebater as declarações feitas pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA) acerca do impasse denunciado por ela mesmo à página eletrônica quanto à entrega de medicamentos para sua mãe, Leonilda Eva Melo, 71 anos que sofre de Mal de Parkinson.

Ironi questionou algumas informações, e disse ter provas em vídeo que garantem o que fala. A dona-de-casa confirmou que a SEMUSA atrasa as entregas dos medicamentos, e em alguns casos fraciona a receita, entregando parte da medicação, o que dificulta o tratamento do paciente.

Ironi apresentou um documento que, segundo ela, fora entregue pela própria equipe farmacêutica da SEMUSA, dando conta de que apenas 30 comprimidos foram repassados à sua mãe.

A dona-de-casa relatou, ainda, que a única coisa que quer a SEMUSA é receber a medicação em dia, sem atrasos como é de costume. “A assessoria de imprensa que esteve no site para falar sobre o assunto disse que não entendia o que eu queria. É só isso que peço, nada mais”, relatou.

Outro ponto abordado por ela, e questionado pela assessoria de comunicação da SEMUSA, foi quanto aos números de pessoas que procurou a justiça para requerer o direito de conseguir medicação gratuitamente. A assessoria da secretaria disse que essa informação é sigilosa, porém Ironi garantiu que tem como provar o que disse, e revelou que servidores da pasta confirmaram a informação aos seus familiares.

Documento apresentado por ela indica que a medicação foi entregue de modo fracionado
Documento apresentado por ela indica que a medicação foi entregue de modo fracionado

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO