Eles agiram pelo torpe motivo de desejar mulher alheia
Eles agiram pelo torpe motivo de desejar mulher alheia

Elson Moreira da Silva e Leilson Ferreira da Silva serão julgados no plenário do Tribunal do Júri da comarca de Vilhena.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público de Rondônia pela prática dos crimes de homicídio e estupro.

A sessão de julgamento, aberta ao público, ocorrerá no dia 8 de abril de 2015, às 8h30. Este processo, assim como outros nove, faz parte da 1ª Reunião Periódica do Tribunal que acontecerá no período de 06 a 17/04.

Segundo consta nos autos, os réus, no dia 10 de agosto de 2014, por volta das 22h00, no assentamento Maranata 2, Zona Rural do município de Chupinguaia, mataram Milton Ferraz Viana mediante disparos de arma de fogo. Um dos tiros atingiu a cabeça da vítima que morreu no local.

De acordo com a denúncia, ambos agiram em conluio e movidos pelo torpe motivo de desejar mulher alheia. Conforme foi apurado, Elson constrangeu a esposa da vítima a manter relações sexuais, enquanto Leilson matinha os filhos do casal no interior da residência mediante grave ameaça e fazendo uso de uma faca. Eles foram presos na cidade de Parecis.

 

Texto: Assessoria TJ

Fotos: Rondônianews


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO