a.gomes prefeito de cerejeiras

O prefeito do município de Cerejeiras, Airton Gomes (PP) fez um decreto modificando a Lei Orgânica do município no que diz respeito ao horário de funcionamento dos órgãos públicos municipais, e consequentemente no horário de prestação pública de serviço. Airton acabou com o horário corrido, comum em todos os órgãos públicos das mais variadas esferas.

A ordem do prefeito foi publicada no último dia 9 de março. O novo horário de expediente da prefeitura é das 7h às 11h, e das 13h às 17h. Pode até parecer mentira, mas é verdade. Os servidores públicos iniciam o novo formato de trabalho a partir do dia 1º de abril.

Ao tomar conhecimento da decisão, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Cerejeiras (SINDICER), Helder Turci enviou ofício ao chefe do executivo municipal solicitando uma reunião para tratar sobre a mudança do horário de expediente. Em nota, o líder sindical relatou que não tem o interesse de questionar a decisão do prefeito, mas salientou que muitos servidores têm outras atividades fora do seu horário de expediente para complementar a renda familiar.

Helder relatou, ainda, que outros prefeitos do município de Cerejeiras já tentaram implantar o mesmo horário. As decisões anteriores não deram certo, pois houve um aumento de cerca de 70% das despesas de custo operacional do município. Helder Turci disse, ainda, que o horário corrido gera economia nas contas públicas e por isso é adotado.

A ordem do prefeito de Cerejeiras causou desconforto junto aos servidores públicos, que estão há três anos com defasagem salarial.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Arquivo

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO