covid19 – 728×90-2

estrada onibusÉ bem verdade que o município de Corumbiara, assim como os da maioria do estado de Rondônia, fica distante dos grandes centros por conta da sua posição geográfica.

Os moradores-pioneiros tiveram a coragem de dedicar suas vidas para levar desenvolvimento à região, criando suas famílias, e aos poucos, diminuindo essa distância com a força do trabalho.

O governo, por sua vez, contribuiria com essa redução construindo e preservando as estradas. Deveria pelo menos. Corumbiara é um dos municípios que compõe o Cone Sul com a maior arrecadação, e mesmo com uma cifra milionária, o prefeito Deocleciano Ferreira (PTB) não consegue dar o suporte necessário para contribuir com o progresso da região.

Na manhã desta quinta-feira, 25, internautas do Extra de Rondônia, moradores da zona rural do pequeno município entraram em contato para mostrar a situação calamitosa que se encontra a Linha 5.

O local está abandonado pelo poder público. A ponte de madeira que dá suporte ao tráfego e contribui com o escoamento da produção, está caindo aos poucos, e já não é tão simples atravessá-la.

Os ônibus escolares que transportam as crianças da Escola Pé da Serra (aquelas que são o futuro do município, que darão continuidade ao que já foi construído) têm dificuldades para atravessar, e dentro de poucos dias, se continuar chovendo forte, terão que parar no meio do caminho. Mais adiante o descaso promovido pela inércia do prefeito de Corumbiara irrita todos que passam pela localidade.

A buraqueira tomou conta da estrada, e a única forma encontrada pela população para exigir que a prefeitura tome providências e faça valer os impostos pagos, foi protestar. Dentro de uma valeta, “nasceu” uma bananeira. Uma forma lúdica, e ao mesmo tempo irônica, para tentar chamar a atenção de um prefeito que não consegue solucionar os problemas do perímetro urbano, tampouco da zona rural, que é a base da economia do estado de Rondônia.

O próprio Deocleciano sentiu na pele o gostinho do abandono das estradas quando ficou “atolado” com sua caminhonete em uma das linhas que transitava.

Bananeira
Bananeira “nasceu” em uma das crateras na estrada rural do município
A ponte de madeira que dá suporte ao tráfego e contribui com o escoamento da produção, está caindo aos poucos
A ponte de madeira que dá suporte ao tráfego e contribui com o escoamento da produção, está deteriorado
Internautas reclamam da ponte da linha 05 via WhatsApp
Internautas reclamam da ponte da linha 05 via WhatsApp

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO