covid19 – 728×90-2

assentaentoO vereador Geraldo José Pereira (PT) segundo secretário da câmara de vereadores do município de Corumbiara entrou em contato com o Extra de Rondônia nessa semana para relatar o verdadeiro abandono do assentamento Verde Seringal. As estradas vicinais do local, que foi criado pelo Governo Federal na década de 1980, estão abandonadas pela prefeitura, e o parlamentar acredita que seja por diferenças políticas entre ele e o atual chefe do poder executivo, Deocleciano Ferreira (PTB).

Geraldinho do Seringal, como o vereador é conhecido, relatou que o prefeito chegou a fazer um pronunciamento público durante solenidade em comemoração ao Dia das Mulheres, justificando o abandono das estradas do assentamento. O vereador disse que Deocleciano abandonou a manutenção das obras locais porque Geraldinho se posicionou contrário a alguns projetos encaminhados à Casa de Leis.

O abandono das estradas é tamanho que os cerca de 90 alunos da rede pública de ensino, que moram no assentamento Verde Seringal, ainda não começaram o ano letivo porque não têm veículos para leva-los ao colégio que atende a região. Por telefone, Geraldinho do Seringal disse que vem chamando a atenção do prefeito Deocleciano acerca do assunto por pelo menos dois anos, e ele nunca fez nada.

O vereador explicou que nunca fez oposição sistemática contra Deocleciano, e que foi contra a criação novos cargos comissionados, fato que deixou o prefeito irritado. Geraldinho confirmou que uma comissão formada por pais de alunos do assentamento procurou o Ministério Público (MP) para relatar o problema.

O assentamento é composto por pelo menos 200 famílias. O abandono das estradas atrapalha, inclusive, o escoamento da produção local. O parlamentar relatou que há pelo menos dez tanques resfriadores de leite no assentamento, além de produção hortifrutigranjeira que pode estragar por conta do abandono das estradas. “Os produtores carregam o pouco que produz em animais por longas distâncias até que possam encontrar estradas menos danificadas, onde os caminhões conseguem trafegar”, relata.

11095512_815410588553620_520030169073286756_n

10930167_815402538554425_4794379293573738360_n

11099993_815401535221192_7198068236248916731_n

assentamento

19830_815402905221055_5773621590260067411_n

10639657_815400785221267_6166529760669309420_n

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Divulgação 

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO