COR CAPAMoradores de Corumbiara ocuparam, nesta segunda-feira, 13, pacificamente, a prefeitura para tentar “negociar” e propor ao prefeito Deocleciano Ferreira Filho uma solução aos caos administrativo nesse município, o que gerou problemas em vários setores públicos.

Segundo informações quase 150 pessoas dormiram em frente ao paço municipal, levando uma série de reivindicações ao chefe do executivo, principalmente na conservação de estradas rurais.

O protesto, denominado “Grito da Terra Municipal”, é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Corumbiara (STTRC). O Extra de Rondônia já havia anunciado a manifestação da entidade.

As “negociações” iniciaram às 09h00 e até o fechamento desta matéria população e prefeito não haviam chegado a um acordo. As pessoas almoçaram dentro da prefeitura. 54 itens fazem parte da pauta de reivindicações.

Ao justificar o abandono do município, Deocleciano diz que a prefeitura não tem recursos financeiros e culpou o Governo do Estado pela falta de repasses. “O prefeito informou que não tem nem para comprar remédios”, diz um morador que participa da reunião.

Prefeito Deocleciano Filho ouve reivindicações de moradores
Prefeito Deocleciano Filho ouve reivindicações de moradores
Moradores almoçaram dentro do paço municipal
Moradores almoçaram dentro do paço municipal
População pede socorro
População pede socorro
Assentamento Verde Seringa comprometido por dificuldades nas estradas rurais
Assentamento Verde Seringal comprometido por dificuldades nas estradas rurais

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO