madeira cravada2(1)O trabalhador de uma serraria, Clayton Neves de Alcântara, de  26 anos, morreu durante o final de semana no hospital João Paulo II em Porto Velho, após passar cinco dias internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), quando deu entrada com uma peça de madeira cravada em sua garganta.

O acidente de trabalho aconteceu no distrito de União Bandeirante, distante cerca de 170 km de Porto Velho, no momento que o homem cortou um pedaço da madeira em uma máquina conhecida como “circular” e teve a outra parte arremessada em sua direção.

De acordo com informações médicas, Clayton não resistiu aos graves ferimentos causados pelo objeto e acabou morrendo. O corpo do homem foi encaminhado ao IML e consequentemente liberado para a família.

Fonte: Rondoniaovivo

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO