covid19 – 728×90-2
Esta não é a primeira vez que o fotógrafo ameaça servidores públicos
Esta não é a primeira vez que o fotógrafo ameaça servidores públicos

O fotógrafo Hernandes Mendonça foi preso na manhã desta segunda-feira, 27, após ameaçar servidores da Câmara Municipal e tentar agredir à Bacharel de Direito, Lívia Donadon, esposa do vereador Junior Donadon, presidente da Casa de Leis.

A tentativa de agressão ocorreu por volta das 10h00 dentro do Legislativo. Lívia só não foi agredida porque conseguiu fechar uma porta.

Servidores da Câmara tentaram evitar uma possível tragédia e retiraram o fotógrafo da Casa, antes da chegada da Polícia Militar (PM). Entretanto, por volta das 12h30, o fotógrafo retornou ao Legislativo, novamente ameaçando servidores. Mais uma vez, a PM foi acionada e conseguiu deter Hernandes, que foi levado à Delegacia de Polícia Civil (DPC).

Além de Lívia, mais duas denúncias foram registradas contra Mendonça por servidores da Câmara. O fotógrafo também é acusado de usar a rede social para difamar, caluniar e ameaçar funcionários do Poder Executivo. Por sua vez, ele nega a tentativa de agressão.

Nesta terça-feira, 28, servidores da Casa vão até o Ministério Público formalizar ação civil pública e requerer à justiça a prisão do fotógrafo para garantir a integridade física e segurança dos funcionários e da sociedade vilhenense.

Esta não é a primeira vez que o fotógrafo ameaça servidores públicos. Várias denúncias foram registradas na DPC, mas ele  continua desrespeitando as leis.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO