covid19 – 728×90-2

juizes de cerejeirasAs comarcas do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ-RO) no Cone Sul do estado realizaram na manhã desta quarta-feira, 6, um ato público de repúdio contra o atentado à bomba na residência da Juíza Keila Alessandra Roeder Rocha de Almeida, na madrugada do último domingo, 3, em Pimenta Bueno, cidade que fica a cerca de 200 quilômetros de Vilhena.

O ato reuniu representantes do Ministério Público (MP), bem como advogados, e servidores do poder judiciário. O fórum do município de Cerejeiras emitiu uma carta aberta à população e resumiu o ataque como inaceitável dentro de um regime democrático. O representantes do fórum afirmam que a simbologia do ataque entende-se às famílias rondonienses (a juíza estava em casa com o marido, o promotor de justiça André Luiz Rocha de Almeida, e os filhos pequenos), bem como ao poder judiciário como um todo.

No município de Colorado do Oeste, os servidores do Poder Judiciário também aderiram à manifestação, e engrossaram o pedido de justiça no caso envolvendo a juíza de direito. A direção da comarca de Vilhena também confirmou adesão ao movimento. As manifestações aconteceram simultaneamente em todo o estado de Rondônia.

Autoridades de Cerejeiras
Juízes e Promotores de Cerejeiras
Juízes e Promotores de Colorado do Oeste
Juízes e Promotores de Colorado do Oeste

juizes de colorado1

Texto: Extra de Rondônia

Fotos Extra de Rondônia 

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO