covid19 – 728×90-2
Vereador diz que não vale a pena permanecer num partido que não dá suporte
Vereador diz que não vale a pena permanecer num partido que não dá suporte

Na semana passada o vereador vilhenense descarregou sua frustração com a legenda da qual faz parte. Célio Batista declarou ao Extra de Rondônia que não vale a pena permanecer num partido que não dá suporte às suas ações parlamentares.

A entrevista aconteceu no gabinete do vereador, tendo claro tom de desabafo. Porém, antes de revelar o que sente com relação ao partido, ele afirmou que o grupo do qual faz parte tem obrigação de ter candidato próprio a prefeito. “Quem representar na disputa eleitoral o atual prefeito contará com meu apoio pleno”, declarou.

Depois, veio o desabafo. Batista revelou que pertence aos quadros da legenda desde o início da trajetória do presidente Ivo Cassol, “e sempre tive como principal parâmetro a fidelidade ao partido”. Porém, ele emendou dizendo que este posicionamento é uma estrada de mão única. “Não encontro retorno por parte do PP às minhas ações parlamentares, mesmo com a sustentação que o partido dá ao prefeito Rover. Mas, uma coisa nada tem a ver com a outra, e me sinto frustrado por isso”, disse o vereador.

Para sustentar sua argumentação, Célio Batista ressalta que a partir do momento em que passou a integrar o Parlamento vilhenense tornou-se representante de setores da sociedade. “Não quero nada para mim, mas preciso de apoio aos projetos que o meu gabinete vem desenvolvendo, pois se trará de reivindicações da nossa sociedade”, explica. A falta de sustentação, em seu ponto de vista, pode decorrer da fidelidade que mantém ao prefeito Zé Rover, cuja relação com Ivo Cassol está abalada desde as eleições do ano passado, e antes disso já não era muito sólida. “Posso estar pagando o preço por isso, mas no final não sou o único prejudicado”, conclui.

Célio diz que outros partidos estão lhe abordando, e que isto lhe aponta que seu trabalho na Câmara de Vereadores vem sendo reconhecido no meio político. “Por isso, a tentativa de buscar a reeleição é uma coisa natural”, emenda. Finalizando, o vereador disse que pode permanecer no PP “caso eles repensem sua relação comigo, pois não tenho intenção de permanecer num partido se não houver da parte da organização apoio aos meus projetos”.

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO