arrigoA preocupação em oferecer uma Educação de qualidade implica indistinta e necessariamente contemplar todas as faixas etárias que dela necessitem. No município de Vilhena há, desde o primeiro dia de nossa gestão, essa preocupação, e isso ficou evidente com a implantação da EJA – Educação de Jovens e Adultos na rede municipal de ensino ainda em 2009.

São mais de 7.000 alunos a partir de 15 anos, atendidos em quase 07 anos de criação. Temos adultos de todas as idades retomando ou iniciando seus estudos em busca de expectativa de uma vida melhor. O PME – Plano Municipal de Educação contempla uma meta exclusivamente voltada a esse público e assim o diz:

Meta 7 – Elevar a escolaridade média da população de 18 (dezoito) a 29 (vinte e nove) anos, de modo a alcançar, no mínimo, 10 (dez) anos de estudo até o último ano de vigência deste Plano, com vistas à redução das desigualdades étnicas e sociais, oferecendo, no mínimo, 25% (vinte e cinco por cento) das matrículas de educação de jovens e adultos na forma articulada à educação profissional.

Esta meta objetiva estabelecer uma dinâmica de eficácia entre escola e vida profissional do educando, pois de fato é pública e notória  essa demanda na sociedade local e obviamente, na formulação de políticas públicas esse fator torna-se preponderante. Em Vilhena, cada vez mais se estabelecem grandes empresas com padrões elevados de exigências de mão de obra qualificada e, certamente nesse rol de exigências se inclui níveis de escolaridades cada vez maiores.

Exatamente pensando no social é que essa meta se apresenta como uma alternativa viável ao Jovem e ao Adulto que não tiveram maturidade ou oportunidade de concluírem seus estudos na idade certa, aliada à imprescindível qualificação profissional.

Educação forte é sinônimo de sociedade forte, abrace essa ideia!

Texto: José Carlos Arrigo

Foto: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO